Pular para o conteúdo
home » Críticas » Crítica: Vingança Silenciosa | O retorno do mestre John Woo para o cinema americano

Crítica: Vingança Silenciosa | O retorno do mestre John Woo para o cinema americano

vingança silenciosa

Que John Woo é um mestre quando o assunto é cinema de ação, ninguém duvida. Mas será que Vingança Silenciosa, seu retorno a projetos norte-americanos deu certo? Antes disso, vale ressaltar que ele é o homem por trás de Bala na Cabeça, Fervura Máxima, O Alvo, A Outra Face e Missão: Impossível 2, só para citar alguns exemplos.

Aqui, quem encabeça o elenco é Joel Kinnaman (Robocop de José Padilha), levando excelente dramaticidade a um personagem que não tem diálogos – aliás, durante os mais de 90 minutos, há duas ou três frases proferidas. Por conta de ter sido alvejado por um tiro, perde a voz e, numa das melhores cenas, há um ‘grito silencioso’ de um pai que perdeu seu filho. Ah! E não podemos nos esquecer da perseguição, logo nos primeiros minutos, mostrando que mesmo com quase 80 anos, o diretor tem fôlego para permanecer relevante.

Some isso ao término de seu casamento e temos um homem que não tem nada a perder.

Os clichês derrubam o segundo ato de Vingança Silenciosa, que volta com tudo para seu desfecho

Não ligo quando os clichês são bem usados em filmes – a questão da mudança na granulação na fotografia dos flashbacks e do que se passa no presente, por exemplo, já foi feita inúmeras vezes,mas funciona. Contudo, aqui em Vingança Silenciosa todos os estereótipos mais bregas e ‘anos 90’ dos vilões são inseridos, assim como a cena de treinamento e aquela onde o protagonista coloca seu sobretudo em câmera lenta com um contraluz impecável.

Tudo isso ocorre no segundo ato, que é o mais arrastado e pode tirá-lo da imersão. O fiapo de roteiro ainda tem a esposa, que vislumbra o fim da relação e ele, que encontra, numa cena meio jogada, o rosto daqueles que mataram seu filho, e encontra um propósito pelo qual vale viver – ou morrer.

Enfim, Vingança Sangrenta é aquele ‘feio arrumadinho’. Tem impacto em cada soco, facada ou tiro e violência bem orquestrada nos últimos 15 minutos, mas explora pouco tudo o que poderia elevá-lo à condição de projeto acima da média. Uma pena, pois minha expectativa estava alta.

trailer de o silêncio da vingança
Vingança Silenciosa

Onde assistir Vingança Silenciosa?

Em cartaz em alguns cinemas do país

Sinopse de Vingança Silenciosa

Um pai testemunha seu filho morrer em meio a um fogo cruzado de uma gangue na véspera de Natal. Enquanto se recupera da ferida que lhe custou a voz, faz da vingança a missão principal de sua vida e embarca em um regime de treinamento punitivo para vingar a morte de seu filho.

Nota Cinema e Séries: ★★★

Título Original: Silent Night
Ano Lançamento: 2023 (Estados Unidos | México)
Dir: John Woo

Elenco: Joel Kinnaman, Kid Cudi, Harold TOrres, Catalina Sandino Moreno, Yoko Hamamura

Contato: contato@cinemaeseries.com.br
Cinema e Séries
Youtube: youtube.com/cinemaepipoca
Facebook: facebook.com/sitecinemaeseries
Instagram: @sitecinemaeseries

Você não pode copiar o conteúdo desta página