Freddy vs. Jason, um crossover pouco inspirado!
Críticas

Freddy vs. Jason, um crossover pouco inspirado!

Freddy vs. Jason

Fazer terror de qualidade: R$ 4 milhões; Revitalizar o gênero: R$ 15 Milhões; Colocar dois ícones num filme: R$ 25 Milhões; ver Freddy vs. Jason até o final, não tem preço. Existem coisas que o dinheiro não compra, para todas as outras há roteiristas e diretores engajados na dura missão de enterrar algumas produções que tinham tudo para serem bacanas.

Não existe espaço para estes antigos ícones nas atuais produções do gênero, principalmente quando são tratados de maneira tão sem graça assim. Além disso, os torture pornscomo Jogos Mortais, por exemplo, tomaram de assalto os multiplex, com sua violência gráfica explícita e isso parece ter agradado em cheio parte do público.

Os coadjuvantes (jovens sarados e descerebrados) povoam todos os 90 minutos deste terror, simplesmente para morrerem das formas mais impensáveis possíveis, e há uma ou outra cena que vale a pena, mas não faz jus a toda expectativa criada.

Portanto, os dois ícones mereciam muito mais que apenas um trash sem a paixão necessária. Violência sem relevância alguma, assista Freddy vs. Jason por sua conta e risco!

Sinopse de Freddy vs. Jason:

Quando Freddy perceber que as pessoas não têm mais pesadelos, decide ressuscitar outro ícone oitentista: Jason. Freddy acaba perdendo o controle dos atos de Jason e a única alternativa cabível será enfrentá-lo numa batalha mortal.

NOTA: 2,5
ORÇAMENTO: 25 Milhões de Dólares

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página