Entrevista com Daniel Satti sobre o filme O Faixa Preta, da HBO Max
Notícias

Entrevista com Daniel Satti sobre o filme O Faixa Preta, da HBO Max

Entrevista com Daniel Satti

O longa nacional O Faixa Preta – A Verdadeira História de Fernando Tererê é um dos destaques do mês na HBO Max. E nada mais interessante do que uma entrevista com Daniel Satti, protagonista do projeto.

A trama acompanha a trajetória do pentacampeão mundial de jiu-jitsu Fernando Tererê, que é vivido por Raphael Logam. Mas por trás de todo vencedor, existe um professor – e esse é o papel de Daniel Satti, que interpreta Alexandre Paiva (conhecido como “Gigi”), mestre do lutador. A produção chegou ao streaming na sexta-feira (17). Confira o bate papo agora!

Entrevista com Daniel Satti

Primeiramente, o ator fala que “a vida do Fernando é quase um roteiro de tão fantástica. Ele tinha um recorde gigante dentro do tatame, mas no auge da carreira se entrega às drogas. O vicio fez com que perdesse praticamente tudo que havia conquistado, desde sua própria academia até a faixa preta que usava em suas lutas. Entretanto, após oito anos de dependência química, um reencontro com um antigo aluno o fez voltar a lutar, sendo uma das maiores reviravoltas do esporte nacional“.

O longa traz Raphael Logam, que vive Tererê, além de Isabel Fillardis e Lui Mendes. O personagem de Satti é fundamental na sua volta ao tatame. E ele detalha que “dar vida no audiovisual a uma pessoa que existe é uma experiência surreal. Durante as filmagens fiz uma postagem nas redes e marquei o verdadeiro Alexandre, que não apenas viu como veio conversar comigo. Receber esse carinho de alguém que estou interpretando dá um frio na barriga, mas é uma sensação maravilhosa“.

E sobre a preparação física para o filme, Satti conta que tem uma rotina de treinos há muitos anos. “Então, quando fiquei sabendo do papel dei uma intensificada nos treinos e na alimentação, pra trazer um corpo mais sarado, com uma massa muscular maior, justamente para dar essa sensação de um lutador praticante, e uma agilidade com consciência corporal e domínio dos meus movimentos“.

Entrevista com Daniel Satti

Outros trabalhos atuais de Satti

Fora do cinema, Satti protagoniza a peça O Homem Mais Inteligente da História, que faz temporada no Teatro Fernando Torres, em São Paulo. Mesmo durante a apertada agenda de ensaios e apresentações, o ator afirma que não deixa de se cuidar, mantendo uma alimentação saudável e praticando exercícios onde estiver.

Estou sempre buscando uma maneira de me exercitar e manter um equilíbrio alimentar. É uma ciência exata, se você ingere mais do que gasta ou gasta mais do que ingere, a balança vai desequilibrar e isso afetará sua saúde física. É preciso encontrar uma harmonia entre consumo e a atividade física, e às vezes são necessários alguns “sacrifícios” pra atingir a recompensa (rs). Quando viajo, procuro malhar onde posso, no quarto do hotel, na academia, e se não tiver, faço caminhadas ou corridas no entorno de onde estou mesmo“.

E ainda dá dicas para quem quer ter um corpo mais saudável e em forma: “O objetivo definirá sua mente, como você quer ser e estar, saudável e esteticamente. A partir desse pensamento você cria motivação e terá um resultado para ser alcançado. E para isso é preciso se mexer de alguma forma, e me baseio na premissa fundamental do exercício físico, que é a relação entre tempo e cadência. Não adianta só ir na rua, parar, conversar, e falar que fez. Todo e qualquer exercício precede de repetição e constância, inclusive nos intervalos que devem ser contados. A disciplina é a consequência de almejar esse objetivo. Para ter o resultado é preciso se dispor a fazer. O segredo é manter isso constantemente” – realça”.

Paixão pelos esportes

E como todo bom atleta, a paixão pelos esportes está presente na vida do ator, que realça não apenas os benefícios físicos da modalidade, como também os efeitos psicológicos, como uma melhora na autoestima.

“- “O esporte te ajuda a desenvolver foco e treinar a mente para ter resiliência, limites e autocontrole. A constante prática de exercícios também libera inúmeros hormônios do bem, que te trazem a sensação de bem-estar, autoconfiança e aumento da autoestima. Diante de tudo isso, não tem como não gostar de esporte né (risos). Eu pratico vários, correr, nadar, andar de bicicleta, fazer musculação, exercícios funcionais e outros“, finaliza.

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página