A Morte do Demônio: A Ascensão | O remake vale a pena ou não?
Críticas

A Morte do Demônio: A Ascensão | O remake vale a pena ou não?

A Morte do Demônio: A Ascensão em Campinas

É impressionante notar que a franquia iniciada em 1981 e dirigida por Sam Raimi não teve nenhum filme ruim. Então, quando foi dado sinal verde para A Morte do Demônio: A Ascensão, fiquei com certo receio, pois apesar dos nomes de Raimi e Bruce Campbell (o eterno Ash) estarem lá, como produtores executivos, o diretor Lee Cronin era um total desconhecido.

Contudo, os pouco mais de 90 minutos de projeção me deixaram com um sorriso sincero no rosto. Primeiramente porque o elenco é escolhido a dedo, e tanto Lily Sullivan (Beth) quanto Alyssa Sutherland (Ellie) têm o equilíbrio exato entre a seriedade e o tom mais debochado que envolve esse universo. Aliás, não há momento para respirar por aqui, pois logo nos minutos iniciais já vemos uma mulher possuída, muita violência e mortes inventivas.

Vale ressaltar que o diretor utiliza os enquadramentos e os acessórios famosos, como a motosserra, em takes oportunos, sem fazer o fanservice aleatório. E tem mais! Amplia a gama de possibilidades, ao revelar que não existe apenas um ‘Livro dos Mortos’, mas três – talvez tenhamos um da franquia original, outro na série e este.

a morte do demônio: A ascensão

Sangue, sangue, sangue em A Morte do Demônio: A Ascensão

Há convenções do roteiro? Certamente e bem menos do que A Morte do Demônio (2013) – por essas e outras acredito que aquele tenha um valor estético e de entretenimento maior. Mas fique tranquilo! Pois se é sangue que deseja… é sangue que terá! E aos montes. A Morte do Demônio: A Ascensão usou mais de 1500 galões com o líquido vermelho.

Os efeitos práticos ainda fazem a diferença e a criação de um ambiente claustrofóbico deixa qualquer trailer de A Freira 2, ‘no chinelo’. A mixagem e a edição de som usados não só para deixar os desmembramentos ainda mais angustiantes, como também para trazer uma sonoplastia bizarra – quando o vinil é tocado e as palavras amaldiçoadas são proferidas é de geral a espinha.

Sadismo, loucura, crise familiar, maternidade (e a busca por essa auto aceitação) são alguns dos temas que o roteiro de Cronin resvala. Mas, de verdade, o que queremos mesmo é violência e gore a níveis elevados… e isso, meus caros leitores e leitoras, nós temos aqui!

Onde assistir A Morte do Demônio: A Ascensão?

  • Stream: HBO Max / Now
  • Alugue no: Amazon Video Apple TV / Google Play Movies
  • Compre no: Amazon Video Apple TV / Google Play Movies

Sinopse do filme

Beth visita sua irmã mais velha, ella, que está criando 3 filhos em um apartamento apertado em Los Angeles. Sua reunião é curta quando eles encontram um livro demoníaco, The Necronomicon Ex-Mortis.

Nota Cinema e Pipoca: ★★★½

Título Original: Evil Dead Rise
Ano Lançamento: 2023 (Estados Unidos / Nova Zelândia / Irlanda)
Dir: Lee Cronin
Elenco: Lily Sullivan, Alyssa Sutherland, Morgan Davies, Gabrielle Echols, Nell Fisher

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página