Melhores Beijos do Cinema
Top CP

Melhores Beijos do Cinema

Quais seriam os Melhores Beijos do Cinema na sua opinião? A gente sabe que existem milhares ao longo das décadas, as separei alguns e deixo claro que essa não é uma lista definitiva, podendo ter a ‘parte 2’ a qualquer momento.

Melhores Beijos do Cinema

Scarlett O’Hara e Rett Butler em …E o Vento Levou (1939)

“Scarlett! Beije-me! Beije-me! uma vez…”. Com uma fotografia avermelhada e um ângulo perfeito, este beijo e este casal estão entre os melhores de todos os tempos.

Milton Warden e Karen Holmes em A Um passo da Eternidade (1953)


Nenhum outro beijo que for filmado será tão sexy e perfeito quanto este, principalmente se notarmos que quando estreou tudo era proibido, afinal era a década de 50. Como filme, ‘A Um Passo da Eternidade’ é mediano.

Lady e Vagabundo em A Dama e o Vagabundo (1955)

Talvez o beijo mais famoso do cinema, onde dois cães acabam selando a paixão entre eles de forma completamente inusitada. Era a Disney em sua época de ouro.

Holly e Paul Varjak em Bonequinha de Luxo (1961)

Numa cena antológica do cinema e em baixo de muita chuva, Holly se reconcilia de Paul Varjak e sela o amor entre os dois. ‘Bonequinha de Luxo’ é uma das melhores comédias românticas de todos os tempos.

Thomas e Vada em Meu Primeiro Amor (1991)


É o filme de uma geração, é o beijo inocente e sem malícia, é a doçura e a sinceridade de duas crianças se descobrindo de uma forma nunca antes vista no cinema. ‘Meu Primeiro Amor’ é tudo isso e muito mais, vale sempre rever!

Jesse e Celine em Antes do Amanhecer (1995)

Dois jovens se conhecem no trem e ele a convence a descer na próxima estação para andarem e conversarem. Num parque de diversões, dentro de uma roda gigante e com uma sinceridade orquestrada brilhantemente por Richard Linklarter acontece o primeiro beijo do casal… apaixonante!

Peter Parker e Mary Jane em Homem Aranha (2002)


Em outra cena embaixo de chuva, nosso herói nerd dependura-se de cabeça para baixo e sua amada Mary Jane tira metade de sua máscara e o beija apaixonadamente. Só mesmo Sam Raimi para fazer marmanjos suspirarem com algo assim!

Ennis Del Mar e Jack Twist em O Segredo de Brokeback Mountain (2005)


A entrega dos dois atores na cena, mesclando incompreensão e desejo de seus personagens é sensacional e a luta de Ennis para driblar seus próprios preconceitos e entender que realmente precisa de Jack Twist emocionam. Ang Lee destroça categoricamente todo machismo cego dos westerns.

Wall-E e Eva em Wall-E (2008)


Dois robôs podem emocionar sim e a Pixar provou isso em outra de suas obras primas com um beijo e uma dança no espaço. Merecia muito mais do que apenas o Oscar de Melhor Animação.

Nina e Lily em Cisne Negro (2010)


Ok, muitos irão discordar, mas o fato é que Darren Aronofskys expõe mais do que um simples beijo na tela, existe uma sensualidade fluente e uma certa loucura, já que Nina está tão atordoada que se perde em seus próprios delírios. Fora que as duas atrizes são lindíssimas.
Então, para você quais destes é o melhor beijo do cinema?

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página