Pular para o conteúdo
home » Top CP » 20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Este é um gênero 100% nacional. Antes de mais nada, devemos falar que fez muito sucesso entre as décadas de 70 e 80, com roteiros bizarros e pouquíssimo orçamento. Atores famosos da dramaturgia nacional estiveram presentes em várias destas obras. Como, por exemplo: Eva Wilma, John Herbert, Nuno Leal Maia e tantos outros.

Segue aqui, 20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas que foram lançados nos cinemas.

AINDA AGARRO ESTA VIZINHA (1974)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Primeiramente, temos um sucesso absoluto na época de seu lançamento. Ainda Agarro esta Vizinha conta a história de Tatá, que mora em um apartamento no Rio de Janeiro e têm uma vizinha muito atraente. Seu objetivo é tentar tirar a virgindade da moça o mais rápido possível. Então, ela acaba não sendo tão fácil quanto as outras mulheres que passaram por sua vida.

ONANIAS, O PODEROSO MACHÃO (1974)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Talvez este seja o filme mais desconhecido da lista. Em outras palavras, apesar da referência a O Poderoso Chefão, não há qualquer indício da máfia por aqui. Zezé Macedo e Nildo Parente estão no elenco do filme.

AS CANGACEIRAS ERÓTICAS (1974)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

O filme foi roteirizado por Marcos Rey, que fez sucesso com livros como O Rapto do Garoto de Ouro, da série Vagalume. Helena Ramos é uma das protagonistas. O filme fala sobre uma história de vingança, onde duas filhas de cangaceiros resolvem matar aqueles que tiraram a vida de seus pais.

AS AVENTURAS AMOROSAS DE UM PADEIRO (1975)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Só por ter o ícone da pornochanchada, conhecido como Peréio, As Aventuras Amorosas de um Padeiro vale ser visto (ou não!). O roteiro nos apresenta Ritinha, que é casada com Mário. Ele não a satisfaz sexualmente e agora ela irá atrás de outro homem para realizar suas fantasias. Neste meio tempo, começa a sair com o padeiro português Marques.

CADA UM DÁ O QUE TEM (1975)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Dirigido a seis mãos – dentre estas a de Sílvio de Abreu – e escrito a oito (para que tanta gente, se sempre nos foi apresentado um fiapo de história?), o elenco trás Adriano Stuart, Eva Wilma, John Herbert e Luís Carlos Miele e passa por três histórias distintas, cheias de confusões amorosas.

ELAS SÃO DO BARALHO (1977)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

A constelação de astro neste filme começa com o diretor Sílvio de Abreu, passa pelos roteiristas Adriano Stuart e Rubens Ewald Filho e termina no elenco que tem Antônio Fagundes, Adoniran Barbosa, Cláudio Correa e Castro e Nuno Leal Maia. É meus amigos, todos nós temos um passado que gostaríamos de esconder e com eles não é diferente.

ESCOLA PENAL DE MENINAS VIOLENTADAS (1977)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Meninas que trabalham como prostitutas são enviadas para uma espécie de reformatório dirigido por uma madre. Mas o que ninguém sabe, é que a mulher tortura as jovens simplesmente por prazer. Antônio Meliante é o responsável por mais esta baboseira nacional.

O BEM DOTADO – O HOMEM DE ITU (1978)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Os efeitos sonoros de O Bem Dotado – O Homem de Itu são os mais esculhambados possíveis e a atuação de Nuno Leal Maia é quase amadora. Aqui, um interiorano vai para a cidade grande e acaba conhecendo os prazeres da vida, principalmente por ter um membro bastante avantajado. Helena Ramos, umas das musas deste gênero está no elenco.

REFORMATÓRIO DAS DEPRAVADAS (1978)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Nicole Puzzi, sempre ela, está no elenco deste filme que fala sobre um educandário que tenta recolocar na sociedade algumas meninas abastadas. Dentro do local, os métodos utilizados são os mais cruéis possíveis e agora elas armarão um plano para que possam sair do local, mesmo que para isso tenham que matar alguém.

A DAMA DA LOTAÇÃO (1978)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

O senhor Neville de Almeida têm em sua filmografia, jóias raras como Os 7 Gatinhos, Rio Babilônia e Navalha na Carne. Mas foi com A Dama da Lotação que juntou o elenco dos sonhos, com Peréio, Nuno Leal Maia, Sônia Braga, Cláudio Mazzo, Jorge Dória, Roberto Bonfim e Solange Couto. Se não conseguir compreender o final do filme, fique tranquilo, é algo extremamente normal, pois não tem sentido algum mesmo.

NOS TEMPOS DA VASELINA (1979)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Nos Tempos da Vaselina é uma clara alusão ao filme norte-americano Nos Tempos da Brilhantina. Conta com um roteiro lotado de estereótipos ao sujeito interiorano que vai morar numa cidade grande. João Carlos Barroso protagoniza esta história, num dos filmes mais sem nexo do cinema nacional.

HISTÓRIAS QUE NOSSAS BABÁS NÃO CONTAVAM (1979)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Na história, um dos sete anões, que é homossexual, é deixado de lado pelos outros quando a Princesa aparece perdida na floresta. Há uma cena antológica, onde o tal anão está na cama e diz para os outros: ‘aqui ó, nunca mais’ e bate em seu traseiro. No fim do filme, o príncipe chega para salvar sua amada, mas apaixona-se pelo anão.

BANDIDO! A FÚRIA DO SEXO (1979)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Nicole Puzzi é dirigida e contracena com o galã da pornochanchada, David Cardoso. A tentativa de inserir uma investigação criminal no meio do roteiro é estapafúrdia e desnecessária. Cabe ao espectador paciência (ou não!) para suportar longos 90 minutos de projeção. Para quem tiver coragem e disposição, boa sorte!

O INSETO DO AMOR (1980)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Outro filme que conta com o roteiro de Marcos Rey e fala sobre um mosquito que têm uma picada afrodisíaca (?!). Se a pessoa infectada não tiver uma relação sexual no espaço durante duas horas, morrerá (mais específico, impossível).

– PERDIDA EM SODOMA (1982)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

‘Sodomia, sodomia, sodomia’, essa era uma das frases mais marcantes deste filme, que contava com cenas picantes, uma ambientação tosca (o que era comum nas pornochanchadas) e uma sucessão de diálogos malucos e sem sentido. Para resumir o roteiro, Marlene sai do interior para procurar seus pais em São Paulo e descobre que seu progenitor frequentava diversas boates noturnas. Outra obra que Nicole Puzzi participa!

ALUGA-SE MOÇAS (1982)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Gretchen e Rita Cadillac estão no elenco deste filme que teve ainda uma continuação no ano seguinte. Tem a direção de Deni Cavalcanti.

ETÉIA – A EXTRATERRESTRE EM SUA AVENTURA NO RIO (1983)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Dirigido por Roberto Mauro. Tem no roteiro uma extraterrestre que acaba parando no Rio de Janeiro, pois está à procura de seu amado. É um dos filmes que conta com uma constelação de atores e atrizes horrorosos e um roteiro sem nexo algum.

– SENTA NO MEU, QUE EU ENTRO NA TUA (1985)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Um dos filmes que extrapola o ‘soft-porn’ nacional e traz cenas de sexo explícito. O roteiro é dividido em duas partes com histórias esquisitas. A princípio, uma mulher descobre que sua vagina têm opiniões e ainda fala com ela. Logo depois, um pênis nasce na cabeça de um homem e está armada a confusão.

– O BEIJO DA MULHER PIRANHA (1986)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Uma alusão ao filme O Beijo da Mulher Aranha, de Hector Babenco. Aqui, o diretor e roteirista Jean Garrett, esboça uma história que mescla os clichês da pornochanchada e, nesse ínterim, há uma investigação de assassinato. O filme tem como estrela Carla Prado.

– ALUCINAÇÕES SEXUAIS DE UM MACACO (1986)

20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas

Às vezes fico me perguntando como alguém dá ‘sinal verde’ para que um filme com este título entre em circuito nacional? Com diálogos ridículos e um anão vestido de macaco, ‘Alucinações Sexuais…’ vale ser visto apenas pelos mais curiosos. Era uma época em que os próprios diretores e roteiristas da pornochanchada haviam ‘perdido a mão’ e, muitas vezes, colocavam sexo explícito em suas obras.

Por fim, vale a pergunta: conhece alguns destes 20 Títulos mais bizarros das Pornochanchadas? Comente conosco!

Você não pode copiar o conteúdo desta página