Pular para o conteúdo
home » Críticas » Crítica: Fale Comigo | Terror tem cenas tensas e usa bem diversos clichês do gênero

Crítica: Fale Comigo | Terror tem cenas tensas e usa bem diversos clichês do gênero

Fale Comigo, obra de terror dos diretores Danny Philippou e Michael Philippou, chegou, a princípio, em alguns festivais ao redor do mundo e fez barulho! Não demorou para que encontrasse uma distribuidora internacional, no caso, a A24, fosse para as telonas e caísse no gosto do público. Contudo, precisamos ir com calma, pois apesar de deliciosamente aterrorizante, os irmãos Philippou estão longe de ‘reinventarem a roda’, como li e escutei de alguns cinéfilos.

O projeto reutiliza clichês do gênero de possessões demoníacas e insere elementos como a ‘mão embalsamada’ e um ‘passo a passo’ do que é necessário para conseguir invocar os espíritos, de forma inventiva. E quando falamos das maquiagens e dos efeitos práticos, ficamos ainda mais impressionados, por a dupla fez tudo aquilo com míseros US$ 4,5 milhões – coisa que alguns projetos com orçamentos 10 ou 15 vezes maiores, não conseguem.

Enquanto isso, os personagens jovens, que tendem a serem chatos e irrelevantes em suas personalidades e desejos, aqui conseguem ir além. É bem verdade que não são todos, mas principalmente a protagonista tem pelo que lutar. Aliás, Sophie Wilde (O Portal Secreto) foi um achado e tanto e equilibra perfeitamente curiosidade, desespero e tensão.

Prepare-se para a violência de Fale Comigo

Pode parecer um tanto impensável você se sujeitar a este tipo de perigo, certo? Mas todos nós já fomos adolescentes e, por vezes, inconsequentes, hora para mostrar coragem aos outros, hora para ter a sensação de pertencimento e assim por diante.

Falando na violência, ela é crua e há um momento em específico – quem assistir saberá – que o espectador ficará com aquela sensação de angústia e incômodo. Posso colocá-la como uma das mais perturbadoras de 2023 no terrorzão mainstream.

Com primeiro, segundo e terceiro atos bem definidos (mesmo que hajam falhas de continuidade, pois uma hora a mão está com um e, magicamente, aparece com outro) e equilíbrio entre as brincadeiras e maluquices de pessoas naquela faixa etária e o estranhamento na evolução dos eventos, Fale Comigo fez mais de US$ 90 milhões ao redor do mundo, com justo merecimento! Que venham as continuações? Espero que não… mas elas virão, parecendo fantasmas endemoniados, sedentos por… cada vez mais dinheiro.

fale comigo
Pôster de Fale Comigo

Onde assistir Fale Comigo?

Stream: Claro Now
Aluguel: Claro Vídeo | Apple TV | Google Play Movies
Comprar: Apple TV | Google Play Movies

Sinopse de Fale Comigo

Um grupo de amigos descobre uma mão embalsamada que lhes permite conjurar espíritos. Viciado na emoção, um deles vai longe demais e abre a porta para o mundo espiritual.

Nota Cinema e Séries: ★★★★

Título Original: Talk To Me
Ano Lançamento: 2022 (Austrália | Reino Unido)
Dir: Danny Philippou e Michael Philippou

Elenco: Sophie Wilde, Marcus Johnson, Ari McCarthy, Sunny Johnson, Joe Bird, Miranda Otto, Zoe Terakes

Contato: contato@cinemaeseries.com.br
Cinema e Séries
Youtube: youtube.com/cinemaepipoca
Facebook: facebook.com/sitecinemaeseries
Instagram: @sitecinemaeseries

Você não pode copiar o conteúdo desta página