Pular para o conteúdo
home » Críticas » Crítica: Blade – O Caçador de Vampiros | Revi após 25 anos de lançamento

Crítica: Blade – O Caçador de Vampiros | Revi após 25 anos de lançamento

Blade – O Caçador de Vampiros foi lançado nos cinemas em 1998, com orçamento mediano de 45 milhões de dólares. Vale ressaltar que é baseado num personagem ‘série C’ da Marvel e tinha Stephen Norrington na direção, mais conhecido pelos trabalhos de efeitos especiais em Aliens, O Resgate e Alien 3. Contudo, nada disso tirou a vontade do público de ver Wesley Snipes (recém saído de U.S. Marshall – Os Federais) descendo a porrada nos malfeitores de dentes afiados.

Visto hoje, é perceptível que inúmeros detalhes e escolhas envelheceram bem. Os trinta minutos iniciais prendem atenção, com a apresentação daquele universo e, ao mesmo tempo, a presença do protagonista, que é hipnotizante. Entretanto, o terço final é uma salada de péssimo CGi, coreografias de luta cafonas e caras e bocas irritantes de Stephen Dorff.

Na trilha sonora, batidas pulsantes a cada meio segundo. Dentre elas: Wrek Tha Discotek (Roger Sanchez e Soulson), Reservations (P.A.), Deadly Zone (Bounty Killer, Mobb Deep e Big Noyd), só para citar algumas.

Mais prós e contras de Blade – O Caçador de Vampiros

Que os anos 90 eram cafonas, isso todo mundo sabe, ainda mais no cinema. Mas a estereotipação dos vilões é algo que salta aos olhos. As roupas de couro e os óculos escuros, que viraram febre um ano depois, com Matrix, estavam presentes, principalmente no design de Blade.

No elenco de apoio, além de Dorff, vemos Kris Kristofferson (divertindo-se muito), N’Bushe Wright (que não fez mais nada digno de nota) e Donal Logue (o capanga do vilão que é chatíssimo). Quer mais? Cenas como as do metrô, onde Blade mataria a doutora ao puxá-la para cima, ou nos minutos finais, quando o herói e um capanga ficam dando chutes aleatórios, só pelo bom enquadramento, tiram boas risadas.

Enfim, com bastante violência gráfica, é uma pena que a Marvel atenue esse detalhe em seus novos projetos, travando, de certa maneira, a inventividade dos diretores. Tentar emular essa vertente, em obras que não façam parte do MCU, seria uma saída… mas duvido que isso acontecerá.

Blade - O Caçador de Vampiros

Onde assistir Blade – O Caçador de Vampiros?

Para assistir ao filme, assine o HBO Max. Contudo, é possível alugá-lo ou comprá-lo na Apple TV, no Google Play Movies, na Microsoft Store ou na Amazon Video.

Sinopse do filme

Blade é metade vampiro e metade humano e, agora, parte em busca do responsável pela morte de sua mãe. Contudo, descobre que a orda dos sugadores de sangue tem um novo comandante, que fará de tudo para libertar um mal secular e destruir a vida humana.

Nota Cinema e Pipoca: ★★★

Título Original: Blade
Ano Lançamento: 1998 (Estados Unidos)
Dir: Stephen Norrington
Elenco: Wesley Snipes, Stephen Dorff, Kris Kristofferson, Udo Kier, N’Bushe Wright, Donal Logue

Você não pode copiar o conteúdo desta página