Adão Negro na HBO… o que achamos do filme?
Críticas

Adão Negro na HBO… o que achamos do filme?

sociedade da justiça

Chegou Adão Negro na HBO… Ok, isso já faz certo tempo, mas eu só criei coragem para conferi-lo agora. A princípio, me empolguei com tudo aquilo comentado por Dwayne Johnson e a criação de um anti-herói. Em seguida, vieram fotos e trailers que ampliavam essa expectativa e a possibilidade de termos uma visão diferente daquela imposta por Zack Snyder, certo? Na teoria sim… na prática, não!

Desde Liga da Justiça não via um filme tão genérico assim e o pior, o roteiro trata o espectador como bobo – ou vai me dizer que não dá para sacar quem era o pai do garotinho e quem, de fato, era o ‘bom moço’ da história? E para mim, um anti-herói é Gatts de Berserk, Deadpool, Dredd ou O Justiceiro, só para citar alguns. Ou seja, se nos vendeu esse tipo de característica, os responsáveis pela obra precisam, ao menos, de coragem para segurá-la.

Do jeito que está, Adão Negro é aquele tipo de pessoa que fala um monte de coisas, mas faz exatamente o contrário, vivendo de conveniências do roteiro. Viola Davis aparece apenas em videochamadas porque deve estar de saco cheio desse contrato com a DC e a Sociedade da Justiça é esquecível. Eles precisariam de mais tempo para que nos importássemos, de fato, com seus dilemas.

Se distanciando de Zack Snyder, mas nem tanto

O diretor Jaume Collet-Serra (Águas Rasas e A Órfã) pode não ter uma assinatura visual tão impactante, mas não era para se distanciar de Zack Snyder? As únicas coisas que presenciei nessas cansativas duas horas de projeção foram câmeras lentas intermináveis, saturação de cores e destruição da cidade… tudo o que Snyder ama apresentar.

E o vilão? Sabe aqueles genéricos que surgiram na franquia Mulher Maravilha? Este tem o mesmo impacto, ou seja, é irrelevante. Adão Negro na HBO é genérico ao extremo, mas se você não se cansa de conferir esse tipo de conteúdo, vai na fé que terá diversão garantida. Para mim, não dá mais.

Sinopse

Nascido no Egito Antigo, o anti-herói tem super força, velocidade, resistência, capacidade de voar e de disparar raios. Alter ego de Teth-Adam e filho do faraó Ramsés II, Adão Negro foi consumido por poderes mágicos e transformado em um feiticeiro. Logo depois de ser liberto, os humanos verão que ele pode ser capaz de destruir tudo o que estiver pela frente – ou de encontrar seu caminho.

Nota Cinema e Pipoca: ★½

Título Original:Black Adam
Ano Lançamento:2022 (EUA)
Dir:Jaume Collet-Serra
Elenco:Dwayne Johnson, Pierce Brosnan, Aldis Hodge, Sarah Sahi, Quintessa Swindell

ORÇAMENTO: 200 Milhões de Dólares

Trailer de Adão Negro na HBO

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página