O Show de Truman – O Show da Vida, uma obra prima de Jim Carrey
Críticas

O Show de Truman – O Show da Vida, uma obra prima de Jim Carrey

O Show de Truman - O Show da Vida

Indiscutivelmente, caímos nas armadilhas dos reality-shows. Estes, muitas vezes, mostram a vida das pessoas comuns, presas numa casa durante vários dias, testando a paciência e o caráter dos envolvidos. Todas com um objetivo em comum: a bolada no final da atração.

O Show de Truman – O Show da Vida é um soco no estômago, não só deste tipo de programação emburrecedora, mas do poder midiático em geral e, portanto, seus métodos inescrupulosos para ganhar a audiência do espectador.

Há, primeiramente, propagandas forçadas, onde cada takeajuda a alienar o espectador (que se influencia imensamente por isso), bem como tomadas que enaltecem o poder de barganha.

Rotulado como astro pastelão após O Mentiroso, Debi e Loide eAce Ventura, só para citar alguns, Jim Carrey pulveriza qualquer dúvida sobre seu lado dramático. E convence todo cinéfilo minimamente atento.

Peter Weir (Mestre dos Mares) chega ao ápice da própria filmografia. Desta forma, debate temas tão influentes e dribla boa parte dos clichês. Então, com tudo isso, é fácil sair com pensamentos bastante diferentes daquele que entrou. Obra prima!

Sinopse deShow de Truman – O Show da Vida:

Truman Burbank é muito inocente. Já as pessoas que “contracenam” com ele são desprezíveis. Por isso, criamos uma empatia momentânea com ele. No outro ponto deste iceberg, encontramos Christoph (Ed Harris, sempre genial), um produtor nada ético e com manias de grandeza.

NOTA: 10,0
ORÇAMENTO: —

  • Confira outras resenhas AQUI!

Deixe um comentário

Você não pode copiar o conteúdo desta página