Pular para o conteúdo
home » Críticas » Marcas da Maldição: crítica do terror baseado em fatos reais

Marcas da Maldição: crítica do terror baseado em fatos reais

marcas da maldição crítica

O filme Marcas da Maldição teve uma crítica mista na época de seu lançamento. Tanto que está com nota 6,2 no IMDB e no Rotten Tomatoes, aprovação de 75% dos especialistas e 57% da audiência. Ou seja, esses números provam que existem vários pontos positivos por aqui e outros que deixam a desejar ao longo das quase duas horas de projeção.

Primeiramente, este é um dos problemas, pois o corte final poderia, tranquilamente, ter 15 minutos a menos. Em seguida, a câmera de mão trabalha como aliada e vilã, já que nos momentos de correria, tudo se torna confuso.

Mas o diretor, Kevin Ko, é esperto ao criar um clima crescente de tensão e medo, que culmina num clímax que deixará o espectador grudado na cadeira. E tudo é amarrado sobre uma discussão entre a linha tênue do que é benção e maldição, do que é fé e desespero… e nesse ponto ele acerta em cheio, como poucas obras fizeram ao longo dos últimos anos.

Logo no início, temos uma narração em off que diz: “você acredita em benção? Nossas intenções moldam o mundo em silêncio. É assim que funcionam as bençãos”. Some tudo isso ao fato da produção ser de Taiwan e fugir totalmente dos clichês de Hollywood e temos algo, no mínimo, intenso.

Marcas da Maldição: crítica especializada curtiu e o público nem tanto

Em Marcas da Maldição, a crítica falou muito bem e o público nem tanto, mas por que? Um dos fatores é que o roteiro não está preocupado em ‘mastigar’ todas as respostas. Além disso, vários detalhes e crenças fogem de nossos costumes. Portanto, se não está aberto a isso tudo, há grandes chances de achar desinteressante.

Com uma protagonista que segura com firmeza sua interpretação (a cena dela ‘falando’ com o espirito para espantar o medo da filha é de gelar a espinha) e certos caminhos seguidos pelos coadjuvantes que não fazem sentido, Marcas da Maldição é um prato cheio aos verdadeiros fãs do terror. Ah… e o final é espertíssimo!

Marcas da Maldição é real?

Sim, o filme é baseado em fatos reais e se refere a uma família que participava de um culto na cidade de Kaohsiung, Taiwan. O próprio diretor deu uma entrevista à Netflix e explicou que:

Eu sei como assustar o público com uma sequência de terror eficaz. Mas um bom filme de terror não é apenas sobre esses truques. O núcleo tem que ser sobre a natureza humana. Em última análise, o público tem que se preocupar com os personagens. O respeito pela religião, especialmente os tabus religiosos e as religiões que são muito obscuras, tem algum grau de medo. Adoro histórias de terror e, mesmo assim, não me atrevi a tocar nesse assunto. Eu queria ampliar esse sentimento em Marcas da Maldição”.

marcas da maldição crítica

Onde assistir Marcas da Maldição online?

Para assistir ao filme online, você precisa ter a assinatura da Netflix.

Sinopse do filme

Marcas da Maldição segue uma mulher que deve proteger sua filha de espíritos malignos. Mas há um aviso logo de cara: este é um vídeo amaldiçoado, pode conter certos riscos para quem assistir. Se você se atrever a seguir, por favor, resolva o quebra-cabeça da maldição de minha filha comigo.

Nota Cinema e Pipoca: ★★★½

Título Original: Zhou
Ano Lançamento: 2022 (Taiwan)
Dir: Kevin Ko
Elenco: Hsuan-yen Tsai, Ching-Yu Wen, Sean Lin, Ying-Hsuan Kao

Você não pode copiar o conteúdo desta página