Pular para o conteúdo
home » Notícias » Documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor ganha data de estreia nos cinemas

Documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor ganha data de estreia nos cinemas

O documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor, que marca a estreia na direção de Alfredo Manevy, já tem data marcada para chegar ao público: 14 de março. Celebrando o legado poético do renomado cantor e compositor, o filme mergulha na vida e obra do artista, explorando sua contribuição musical e o contexto histórico que o cercou.

Produzido pela Plural Filmes em parceria com o Canal Curta, o documentário preserva o legado musical de Lupicínio Rodrigues, destacando sua importância artística e o contexto social e histórico em que suas músicas foram criadas. Com entrevistas artistas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa e Elza Soares, o filme revela a trajetória do compositor, trazendo à tona sua influência e relevância para a música popular brasileira.

Além de explorar sua vasta obra, o documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor aborda um episódio marcante da vida de Lupicínio envolvendo a faixa “Se Acaso Você Chegasse”, que fez parte da trilha sonora de um musical de Hollywood e foi indicada ao Oscar de 1945. Entretanto, Lupicínio não foi consultado sobre o uso da canção e só recebeu os direitos autorais anos depois, sem ter seus créditos reconhecidos na indicação ao Oscar.

O diretor Alfredo Manevy destaca a importância de abordar questões como direitos autorais e a economia da cultura no filme, enfatizando a necessidade de valorizar os mestres da música brasileira. “A riqueza resultante desse valioso patrimônio cultural deveria chegar aos autores“, comenta Manevy.

documentário Lupicínio Rodrigues - Confissões de um Sofredor
Documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor

Prêmios do documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor

Premiado com Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora no Fest Aruanda 2022, o documentário também recebeu Menção Honrosa por sua narrativa envolvente e resgate da importância de Lupicínio Rodrigues. Além disso, foi reconhecido pelo público como melhor documentário em Lisboa, no Festival Internacional da Língua Portuguesa, e participou de diversos festivais nacionais e internacionais.

Lupicínio é o pai da música de sofrência, que se tornou com ele e depois dele um gênero imensamente popular. Não por acaso Lupi atravessa gerações de intérpretes“, completa Manevy, ressaltando a influência duradoura do compositor.

Com histórias saborosas narradas pelo próprio Lupicínio e uma análise profunda de sua coragem musical e sua jornada até o reconhecimento na indústria cultural, o documentário promete oferecer uma visão abrangente e emocionante da vida e obra desse ícone da música brasileira. Preparem-se para uma imersão única na história de Lupicínio Rodrigues e sua inestimável contribuição para a cultura do país.

Trailer do documentário Lupicínio Rodrigues – Confissões de um Sofredor

Confira mais notícias clicando AQUI.

Você não pode copiar o conteúdo desta página