Pular para o conteúdo
home » Top CP » 10 sugestões de leitura para 2024 | E aí, qual você vai ler?

10 sugestões de leitura para 2024 | E aí, qual você vai ler?

sugestões de leitura para 2024

Se você está procurando sugestões de leitura para 2024, o momento é este! Já que no próximo dia 07 de janeiro será comemorado o Dia do Leitor e, que tal definir a lista de obras que quer ler nos próximos meses?

As indicações abaixo apresentam títulos recém-chegados ao mercado literário para ajudar você a passar o ano bem acompanhado de literatura. Entre os livros sugeridos, há gêneros para todos os gostos, com direito à ficção histórica, biografia, fantasia, aventura, romance policial e mais. Confira!

10 sugestões de leitura para 2024

Ébano sobre os canaviais

Com a ancestralidade africana negada, Adriana Vieira Lomar por muito tempo se incomodou com a falta de informações sobre a identidade da trisavó, uma negra escravizada. Por isso, decidiu criar uma história e um nome para ela: assim surgiu o livro Ébano sobre os canaviais, vencedor do Prêmio Kindle de Literatura em 2022. Agora em edição impressa, o enredo acompanha a relação de José, um jovem imigrante português, e Ébano, uma mulher liberta da escravidão.

(Autora: Adriana Vieira Lomar)

Guerra dos Mil Povos

Para o leitor que ama ficção histórica, esta é a melhor indicação! Enredo acontece durante a Confederação dos Tamoios, a maior revolta indígena no Brasil. Neste cenário do século XVI, os leitores embarcam em uma aventura ao lado de Afonso, um guerreiro português que vendeu a armadura e atravessou o oceano até as terras brasileiras na intenção de ter paz. Mas não é isso que ele encontra no novo país. Guerra dos Mil Povos é o segundo romance do autor best-seller Víktor Waewell.

(Autor: Víktor Waewell)

Tia Beth

Mais uma das sugestões de leitura para 2024 é a obra de Leonardo de Moraes, que narra a ditadura militar brasileira sob o olhar de uma mãe que perdeu um filho para o regime. Décadas depois dos acontecimentos trágicos, ela decide conversar pela primeira vez sobre as memórias com um sobrinho que nunca viveu este período histórico. Apesar das gerações serem diferentes, ambos percebem como passado e presente se unem em diversos aspectos na sociedade.

(Autor: Leonardo de Moraes)

Mesmo se a Tempestade Chegar

Esta ficção científica levanta debates sobre temas atuais da sociedade brasileira, como o fanatismo, as consequências dos discursos de ódio, os abusos de poder e as questões filosóficas relacionadas à importância de lutar pela humanidade. O protagonista é Soulfly, que acorda sem memória em um hospital e, aos poucos, descobre ter feito parte do Salvadores da Terra, grupo responsável pela manipulação de energias.

(Autor: Paulo Pera)

Escritores são humanos

Este livro se parece com os momentos que você “passa um cafezinho” para colocar a fofoca em dia com um amigo. Mas, na obra de Carlos Costa, as curiosidades sobre a vida dos outros têm como foco os cânones da literatura brasileira. Entre as narrativas, o leitor descobre fatos inusitados sobre Pagu, Mário de Andrade, Machado de Assis, Euclides da Cunha e mais.

(Autor: Carlos Costa)

Amor in vitro

Nestes contos que chegam em nossa lista de sugestões de leitura para 2024, o tema da reprodução assistida abre margem para reflexões sociais, afetivas e filosóficas sobre as possibilidades do avanço da ciência na medicina. Com os anos de experiência como executivo da indústria farmacêutica, Augusto Maia lança um olhar para as realidades das pessoas que sonham em ter um filho por meio da fertilização in vitro.

(Autor: Augusto Maia)

Amazônia – um caminho para o sonho

Fruto de extensa pesquisa documental e um estudo de campo na Amazônia, M. C. Jachnke utiliza a literatura para transmitir conhecimentos sobre a região. Por meio da aventura de quatro amigas que vão até o Norte, a autora apresenta figuras e fatos históricos, como Ajuricaba, importante indígena que liderou uma guerra contra os portugueses; a construção do Teatro Amazonas e a relação com a belle époque, entre outros temas.

(Autora: M. C. Jachnke)

Preto Suave

Imagine o típico cenário preto e branco dos filmes dos anos 1940 em uma narrativa literária que ocorre nos tempos atuais na capital de São Paulo. Esta é a premissa de Preto Suave, uma obra que acompanha o trabalho do investigador particular Silas Steffano na tentativa de descobrir quem matou o marido da cliente Malu. Narrativa foi construída com base nos conhecimentos de Ricardo Mello como advogado e procurador federal aposentado.

(Autor: Ricardo Mello)

Ingel Addae – A luta entre o bem e o mal

O livro do advogado Mauricio Ribas narra uma experiência real: quando morava na Estônia, o autor e a esposa foram pais substitutivos de quatro irmãos vítimas de violência. Durante os meses que viveram juntos, o escritor recorreu à ficção e à imaginação infantil para se aproximar do mais novo, que não costumava confiar nos adultos devido aos traumas. Por isso, criou uma bruxa que seria a personificação do mal para ensinar o garoto sobre a vida.

(Autor: Mauricio Ribas)

Chocolate meio amargo

A narrativa de Chocolate meio amargo inicia no fim do século XIX, quando Richard Smith vem ao Brasil para se tornar um grande produtor de café. Com o decorrer dos anos e em meio a acontecimentos inesperados, Mary se torna a única sobrevivente da família e a herdeira das terras conquistadas pelo avô. Viúva, ela precisará cuidar sozinha de Lara e, posteriormente, da neta Anna.

(Autora: Senia Vives Reñones)

E então, qual dessas sugestões de leitura para 2024 vai conferir?

Você não pode copiar o conteúdo desta página